11/05/2022 às 14:45 Dicas

Perguntas Frequentes sobre a Fotografia de Parto

71
7min de leitura

A Fotografia de Parto é um dos registros que eu acho mais importante para a família, um dos momentos mais sagrados que podemos presenciar, que é a chegada de uma vida ao mundo.

Pode ser que o tempo passe devagar durante a gestação, que os 9 meses pareçam 452 (principalmente nas últimas semanas de gestação), e que o trabalho de parto demore algumas (ou muitas) horas, mas esse tempo é muito valioso, acredite. Esse momento só acontece uma vez.

Por isso, não deixe essa missão para o papai, ou mesmo outro acompanhante... a emoção do momento pode ser tão grande que pode atrapalhar os registros, imagina fotografar com os olhos cheios de lágrimas?

Dessa forma, o mais indicado é deixar que a fotografia de parto seja feita por uma fotógrafa profissional. Somente ela saberá os ângulos certos para captar todas as emoções desse dia tão especial e não perder nenhum momento.

No entanto, antes de contratar esse tipo de serviço, é fundamental considerar alguns pontos. Por exemplo, o hospital onde o parto será realizado permite a presença de uma fotógrafa na hora do parto?

Essas dúvidas são comuns, por isso separamos aqui as dúvidas mais frequentes que recebemos das mamães. Continue lendo abaixo.


O que é a Fotografia de Parto?

Como o próprio nome sugere, fotografia de parto é o registro fotográfico do nascimento de um bebê. Essas fotos podem ser feitas tanto em partos normais quanto cesariana, e nós fazemos esses registros em hospitais, casas de parto e também registamos partos domiciliares.

Meu marido pode fotografar?

Com celulares cada dia mais modernos, muitos pais acreditam que conseguem dar conta de fazer as fotos desse grande dia. No entanto, é fundamental considerar alguns fatores antes de assumir essa grande responsabilidade:

- Será que a emoção do momento não vai atrapalhar os registros?

- O pai vai conseguir apoiar a mãe durante o trabalho de parto e ainda captar os momentos mais importantes?

- Ele tem experiência com fotografia, entende de ângulo e luz?

- Ele vai desmaiar? Muitos pais nem gostam de comentar, mas é bastante comum papais extremamente emocionados passarem mal na hora do parto. Já pensou, além de não acompanhar o nascimento do filho, não ter nenhum registro para ver quando estiver bem? Com certeza será motivo de grande arrependimento.

Porque fotografar meu parto?

A dúvida que muitos pais têm se devem, ou não, fazer fotos do momento do parto pode ser facilmente sanada.

Como dissemos no início deste texto, por mais que a jornada de espera de um bebê seja um tanto longa, incluindo gestação e trabalho de parto, sua chegada ao mundo dura pouquíssimos segundos.

Ainda que esse grande dia seja guardado no coração, ter registros desse momento permite relembrar tudo o que foi vivido e sentido na sala de parto, e o quanto toda a espera e ansiedade valeram a pena.

Além disso, a fotografia de parto permite dividir esse momento mágico com amigos, familiares e com a própria criança no futuro, mostrando a ela quanto sua chegada foi tão especial.

Aqui, vale salientar um detalhe: a fotografia de parto não registra apenas o momento do nascimento do bebê. Ao contratar uma fotógrafa profissional ela terá o cuidado de registrar os momentos mais importantes antes e depois do parto.

Ou seja, o tempo de espera até a ida para o centro cirúrgico ou sala de parto, a emoção no olhar dos familiares e amigos na sala de espera, o rosto do pai apoiando a mãe, a hora do nascimento, o cordão umbilical logo após a chegada do bebê, as primeiras reações do recém-nascido e muito, muito mais!

Assim, mais do que simplesmente ter fotos de como foi o parto do seu filho, você terá o registro fiel de todas as emoções e momentos únicos que foram vividos naquele dia.

Quando devo contratar a fotografia do meu parto

O ideal é contratar até a 32ª semana de gestação, não mais do que isso.

Isso porque é preciso verificar junto ao hospital a liberação da entrada da fotógrafa. Além disso, muitos locais exigem uma autorização médica, indicando que aquela profissional pode adentrar a sala do parto na hora do nascimento do bebê.

Por isso, é importante não deixar a contratação muito próxima da data prevista do parto, a fim de ter tempo suficiente para resolver toda a parte burocrática.

O que eu preciso saber antes de contratar as fotos?

Assim como toda contratação de serviço, a fotografia de parto requer algumas pesquisas antes de fechar o contrato.

Indicações de amigas e familiares são sempre um bom começo. No entanto, caso nenhuma conhecida tenha optado por esse serviço, vale buscar indicações de profissionais na internet.

Aqui, é essencial não considerar apenas o preço final cobrado. Analise bem o portfólio, a experiência que o profissional tem com esse tipo de foto, e até a opinião de clientes anteriores, por meio de comentários nas redes sociais.

Se quiser se respaldar ainda mais, vale a pena até pesquisar o nome da fotógrafa em sites oficiais de reclamação do consumidor.

Você também pode prestar atenção em questões como:

- Quantidade de fotos que serão entregues

- Qual formato que serão entregues

- Essas fotos terão edição ou não

- Quais condições de pagamento

- Qual prazo para entrega final de todo o material

A fotografia só serve para parto normal e humanizado? E a cesária?

Como dissemos no início deste texto, todos os tipos de partos podem ser (e devem) ser fotografados.

Esse é um momento muito íntimo, e muitas mães têm receio de terem seus corpos expostos nos registros. Fique tranquila! Fotógrafas profissionais sabem exatamente qual ângulo pegar para registrar somente a emoção do momento.

Além disso, nós tomamos todo cuidado com nosso posicionamento no ambiente de parto para não atrapalhar os médicos e demais profissionais que estarão atuando.

É verdade que os hospitais podem impedir a entrada de fotógrafos?

Sim, isso pode acontecer em alguns hospitais. No entanto, a grande maioria já não impede mais a entrada, desde que haja um cadastro prévio do profissional, bem como a autorização médica que citamos anteriormente.

Nós temos cadastro nas principais maternidades de SP e do ABC.

O que é a taxa da maternidade/ taxa hospitalar?

Ainda que liberem a entrada da fotógrafa, vários hospitais cobram uma taxa que pode chegar a R$ 350,00.

Isso acontece porque o hospital considera o profissional de foto e vídeo como um prestador de serviço da gestante. Mas você não precisa se preocupar com o pagamento dessa taxa. Nossos pacotes já incluem esse valor, e nós mesmos cuidamos dessa parte burocrática da autorização junto a maternidade. Você está livre dessa preocupação J

Quais hospitais você atua?

Nós estamos autorizados a fotografar nas seguintes maternidades/hospitais:

- Hospital da Luz – Unidade Vila Mariana

- Hospital Samaritano Higienópolis

- Hospital Israelita Albert Einstein

- Hospital São Luiz – Unidade Itaim

- Hospital São Luiz – Unidade São Caetano

- Hospital Brasil – Unidade Santo André

- Maternidade Pro Matre Paulista

- Maternidade Santa Joana

- Maternidade Santa Maria

- Hospital Sepaco

A bolsa rompeu, e agora? Vai dar tempo de a fotógrafa chegar?

Calma, mamãe! Isso pode acontecer, mas não se preocupe, pois, na grande maioria dos casos, o parto não é um processo a jato.

Para garantir que estaremos juntas, no dia certo e na hora certa, vamos manter um contato constante e efetivo com você. Dessa forma, acompanhamos toda a evolução da gravidez, incluindo a possibilidade de antecipação do parto.

A partir da 37ª semana ficamos de prontidão para sermos chamados a qualquer momento. Minha agenda também atende um número limitado de partos para que não haja dualidade de datas.

Ou seja, nós estaremos lá! Pode confiar! Em último caso, se surgir algum imprevisto muito sério, temos outras duas profissionais na nossa equipe, com a mesma experiência e competência, que poderão te atender e fazer a fotografia do seu parto.

Quanto custa a fotografia de parto?

Agora que você sabe de tudo isso deve estar se perguntando: “Mas afinal, quanto custa a fotografia de parto”?

Esse é um trabalho que envolve muita dedicação, tempo e disponibilidade, além de ser feito com muita sensibilidade e carinho. Por isso, recomendamos que você avalie todos os outros aspectos, e não somente o preço na hora de escolher o profissional que estará com você nesse dia tão importante.

Você pode ter acesso a nossa proposta para fotografia de parto nesse link.

Onde encontro uma fotógrafa para o meu parto em São Paulo?

Com 7 anos de experiência, o estúdio Juliana Cirera Fotografia atende clientes de São Paulo, Grande SP e ABC. Além da fotografia e filmagem de parto, realizamos ensaio de gestante, ensaio newborn, acompanhamento infantil, fotos em família, aniversários e muitos outros.


Se você chegou até aqui e ainda não tem fotógrafa para o seu parto, me mande uma mensagem pelo link abaixo! Será uma grande alegria estar com você e poder contar um pouquinho da sua história!


Ficou com alguma dúvida? Clicando aqui você pode deixar seus dados e nós entramos em contato com você!



11 Mai 2022

Perguntas Frequentes sobre a Fotografia de Parto

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

fotógrafa de parto fotografia de parto parto cesária parto humanizado parto normal

Quem viu também curtiu

04 de Fev de 2020

Dúvida das Mamães: Quando devo contratar a Fotografia de Parto?

13 de Fev de 2020

10 Motivos para Fotografar seu Parto

04 de Mai de 2018

Qual o melhor momento para realizar o ensaio de gestante?

Olá, como posso te ajudar?
Logo do Whatsapp