Imagem capa - Qual é a melhor posição para o bebê recém-nascido dormir? por Juliana Cirera
Recem Nascido

Qual é a melhor posição para o bebê recém-nascido dormir?

Ter um recém-nascido em casa é uma alegria imensa! Geralmente, a nova mamãe recebe a ajuda de outras mulheres da família, de amigas, de babás e até de vizinhas. Até aí, tudo bem. Auxílios são sempre bem-vindos! Mas não tarda para que comecem os famosos palpites: “O banho deve ser assim”; “Dê preferência a tais roupas!”; “O sono tem que ser de tantas horas”; “Ele só pode dormir em tal posição” e etc.


Mas são tantos os palpites, que fica difícil não bater aquela insegurança: “Será que eu estou fazendo tudo da forma correta?”


Melhor posição para o recém-nascido dormir

É bom entender que, para muitas situações existem “formas corretas” ou “formas indicadas”, mas para outras, não. Vai muito de cada mãe e de cada bebê. E se você pensa que há consenso entre os pediatras e os especialistas sobre como o bebê deve dormir, saiba que não há.


E isso acontece porque a medicina é uma ciência em constante evolução. Estudos sugerem uma ação. Durante muito tempo pode ser que esta ação seja eficaz e dê tudo certo. Mas, com o passar dos anos, surgem novos estudos e pesquisas contradizendo ou corrigindo o anterior. Sendo assim, essas indicações médicas sofrem ajustes.





A maioria dos pediatras diz que a melhor posição para o bebê dormir é de barriga para cima. Inclusive, eles seguem recomendações da Academia Americana de Pediatria. Esse cuidado busca reduzir o risco da síndrome da morte súbita infantil – que, segundo estatísticas, é bem mais comum nos países das Américas do Norte e Central, e na Europa.

No Brasil também há ocorrências, mas em quantidades bem menores. Embora essas mortes sejam atribuídas à forma de dormir: de lado ou de bruço, não há explicações e conclusões consensuais.


Para a especialista em Saúde da Família, doutora Elizabete Rodrigues, “as causas costumam ser desconhecidas e inexplicadas. Existem muito relatos de que essas mortes estavam relacionadas à maneira do bebê dormir, isto é, de bruços ou de lado. Mas, somente com investigações minuciosas de cada caso é que se pode chegar de fato a alguma conclusão.


Como o tema ainda é discutível, não se pode ‘bater o martelo’ e fazer afirmações”, destaca a doutora. “A orientação que recebemos e que repassamos é que os pais coloquem seus filhos para dormirem de barriga para cima e sempre observem as condições do colchão e do berço.”


Segundo ela, um bom colchão para bebês recém-nascidos deve ser firme e reto. Para a melhor posição para o recém-nascido dormir, também é recomendável que evite travesseiros, cobertores, fraldas de panos e mantas, ou qualquer outro objeto dentro do berço. Entre eles, protetores laterais, bichos de pelúcia ou até móbiles – que podem cair em cima da criança (e como eles possuem cordinhas, pode enroscar no braço, na perninha ou no pescoço do bebê). Isso também inclui a correntinha para chupetas.


“O bom é evitar neuroses, pois assim as mamães acabam por não curtirem uma fase tão gostosa que é a chegada de um novo membro à família”, ressalta a especialista. “Se bater aquela insegurança, o que é muito comum, fale com o pediatra da criança. O ideal é que a primeira consulta aconteça até mesmo antes de o bebê nascer. Assim, os pais ficam mais tranquilos e confortáveis quando surgirem tantos assuntos polêmicos em relação à criação do seu pequeno.”



Fonte: Gestação Bebê